Britamontes | Artigo coberturas
19 de Abril 2021 | Áreas comerciais | Empresarial

Obra entregue: tratamento térmico a coberturas

 

No ano passado, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira confiou-nos a manutenção térmica de dois pavilhões munícipes. Ambos apresentavam grandes oscilações térmicas – muito frios no inverno e muito quentes no verão. O que afetava negativamente o conforto sentido no espaço.

Para resolver esta questão, realizámos um tratamento térmico às coberturas dos dois pavilhões.

Estas obras – realizadas sob a supervisão do Engº João Figueiredo – contribuíram (e muito) para melhorar a eficiência térmica destas infraestruturas.

 

Porque é a eficiência térmica das coberturas dos edifícios tão importante?

O isolamento térmico das coberturas das infraestruturas é essencial para assegurar o conforto e a segurança de quem as ocupa. O isolamento é o que permite que a temperatura interior seja constante, independentemente das condições climatéricas no exterior.

Em Portugal, cerca de 30% das perdas (e ganhos) de calor das infraestruturas ocorrem pelas coberturas. Um desperdício térmico que obriga a um aumento na climatização do espaço – o que multiplica os custos dos proprietários e as emissões de CO2.

É, portanto, essencial assegurar a regular e correta manutenção das coberturas dos edifícios e, neste caso, pavilhões.

 .

Pavilhão Alverca

Britamontes | Artigo coberturas
Antes e depois do tratamento térmico a coberturas

Neste projeto – entregue em 60 dias – a nossa intervenção focou-se no tratamento térmico das coberturas exteriores do Pavilhão Alverca.

Antes de iniciarmos o tratamento, assegurámos a limpeza das coberturas e caleiras. Este passo é essencial para detetar e corrigir pequenos defeitos antes de avançar com a aplicação do isolamento térmico.

Avançámos depois com a colocação da barreira para-vapor e com a fixação mecânica do isolamento térmico PIRMATE. Logo de seguida, garantimos a impermeabilização das coberturas com a aplicação de duas camadas de membranas betuminosas – a segunda revestida com granulado mineral de xisto.

Por último, revestimos as caleiras com um impermeabilizante contínuo.

Mas mais vale acompanhar a evolução da obra nesta galeria:

  • Início da colocação do isolamento térmico PIRMATE sobre a barreira para-vapor
    1 / 4
  • Conclusão da colocação por fixação mecânica do isolamento térmico PIRMATE nas coberturas
    2 / 4
  • Aplicação da primeira membrana betuminosa do novo sistema impermeabilizante bicapa das coberturas
    3 / 4
  • Aplicação da segunda membrana betuminosa do novo sistema impermeabilizante das coberturas
    4 / 4

 

Pavilhão Forte da Casa

Britamontes | Artigo coberturas
Antes e depois do tratamento térmico a coberturas

No Pavilhão Forte da Casa assegurámos a impermeabilização das coberturas no interior.

Para tal, assegurámos em primeiro lugar a proteção do pavimento e dos elementos constituintes do pavilhão.

O isolamento térmico em espuma de poliuretano foi projetado sobre as coberturas interiores. Esta técnica assegura uma aplicação contínua, evitando a criação de pontes térmicas.

A espuma de poliuretano tem uma boa resistência mecânica e baixa permeabilidade ao vapor de água – o que reduz drasticamente a condensação no interior das coberturas do Pavilhão.

Veja o desenvolvimento deste projeto nas imagens abaixo:

  • Após a projeção de isolamento térmico nas coberturas interiores
    1 / 3
  • Proteção do pavimento e áreas envolventes antes do tratamento térmico a coberturas
    2 / 3
  • Proteção do pavimento e áreas envolventes antes do tratamento térmico a coberturas
    3 / 3

 

Se está à procura de uma solução para o seu espaço, não hesite em pedir-nos um orçamento.

Somos incontornáveis no rigor e dedicação de cada obra entregue.