Obras no telhado
1 de Outubro 2018 | Coberturas | Empresarial

E quando é preciso fazer obras no telhado?

A cobertura de um edifício, pela sua função protetora e térmica, é uma das áreas onde a manutenção nunca deve ser descurada, de forma a prolongar a sua vida útil e a garantir as condições de segurança e conforto de todo o edifício.

 

Há dois tipos de obras no telhado:

  • Uma reabilitação mais superficial, que pode ser entendida como uma manutenção da cobertura e telhado, onde deve ser examinado o estado de conservação de caleiras, algerozes e cumieiras, de forma a identificar possíveis focos de infiltrações e, em caso de necessidade, reparar essas zonas.

Neste tipo de intervenção, também devem ser substituídas as telhas danificadas, para depois serem lavadas e aplicado um hidrofugante que reforça a sua impermeabilidade.

 

  • As reabilitações mais profundas da cobertura e do telhado já poderão implicar a alterações estruturais: tradicionalmente, em Portugal, as coberturas são feitas numa base estrutural de madeira com aplicação de telha cerâmica.

Atualmente, nestas obras no telhado, já se utilizam materiais diferentes, tais como a chapa metálica que, ao incorporar um maior isolamento térmico, garante uma maior eficiência energética e, a longo prazo uma poupança energética e, consequentemente, financeira.

 

Recentemente, a Britamontes procedeu à lavagem de um telhado de um edifício em Campo de Ourique, na cidade de Lisboa.

Veja agora as imagens desta nossa obra no telhado:

 

 

Se precisa de reabilitar a cobertura do seu prédio ou moradia, não hesite em saber mais sobre este tipo de obras no telhado realizadas pela Britamontes.

 

VER MAIS ARTIGOS