2 de Fevereiro 2018 | Reabilitação exterior | Global

Devo reabilitar o meu prédio agora?

 

O Inverno instalou-se e, inevitavelmente, o mau tempo veio denunciar algumas marcas da passagem dos anos e deixar à vista a necessidade de algumas intervenções.

 

Será que esta é uma boa altura para iniciar um processo de obras e remodelações?

Tudo indica que sim. É agora que deve planear as intervenções, projetar as suas ideias, contactar profissionais e, eventualmente, comprar os materiais que virá a precisar.

 

É tempo de reformas

Contacte-nos, enquanto empresa especializada em obras e remodelações, para fazer a avaliação do edifício, de forma a verificar todas as obras e reformas necessárias.

Ao longo do Inverno, a humidade e as chuvas desgastam muito as áreas mais expostas a estas ações do clima. É importante verificar o estado da fachada do prédio, se existem fissuras nas coberturas ou nos telhados, que são causa de infiltrações. Identificar os vários problemas, avaliá-los e planear as intervenções necessárias é crucial neste momento.

 

Fachadas

Com a mudança nas temperaturas e, principalmente, depois de um Inverno frio e chuvoso, torna-se comum ocorrerem falhas, fissuras, manchas de humidade e o descolamento de azulejos ou pastilhas, decorrentes da movimentação dos materiais provocadas pelas variações de temperatura.

Obras de reforma e manutenção de fachadas são mais eficientes quando realizados nesta altura do ano, quando os problemas estão mais facilmente identificáveis.

 

Impermeabilização

As infiltrações são um problema bastante comum nas construções e com a aproximação de um período em que as chuvas diminuem, esta é a época ideal para planear realizar obras de impermeabilização. Neste caso específico é primordial que se contrate uma empresa especializada para este tipo de reparações, que tenha experiência, seja idónea e ofereça uma boa garantia.

Estas e outras intervenções em telhados, coberturas, jardins e áreas exteriores podem entrar agora na fase de planeamento, aproveitando as temperaturas mais amenas que se aproximam, por forma a garantir que as obras e remodelações estejam concluídas antes da estação quente, que, por norma, é preenchida de férias e de dias para gozar a sua casa em pleno.